América Futebol Clube

América Futebol Clube - São José do Rio Preto

 
Nome: Benedito Teixeira
Apelido: Birigui
Data de Nascimento: 24/07/1919
Local de Nascimento: Monte Azul (SP)
Tempo na Presidência: 23 anos
Sonho Realizado: Inauguração do Teixeirão
Data de Falecimento: 10/02/2001

Nascido na cidade de Monte Azul Paulista em 24 de julho de 1919, Benedito Teixeira é a maior personalidade que o América já teve em sua história. Da ponta esquerda à presidência, Birigui, como popularmente como ficou conhecido, escreveu uma história de amor jamais igualada no futebol brasileiro.

Mudou-se para São José do Rio Preto com a família em 1936 e começou a jogar pelo Palestra. Depois atuou no Rio Preto, Catanduva e Inter de Bebedouro.

Porém, o América foi seu grande amor. Foi o 1º ponta-esquerda da equipe em 1946 e jogou até 1949. No ano seguinte foi treinador entre maio e junho.

Depois de jogar e de treinar a equipe, Birigui foi diretor de futebol, vice-presidente e assumiu a presidência em 1972, permanecendo por 23 anos. Neste período o América jamais foi rebaixado, sempre se mantendo entre os clubes de maior importância do Interior.

Ganhava a vida como balconista de farmácia. Depois foi representante farmacêutico e comerciante de café. Mas o América vinha sempre em primeiro lugar, deixando por muitas vezes os seus negócios em segundo plano. Era nítido o brilho em seus olhos quando falava de sua paixão.

Procurou sempre fazer patrimônio, afirmando que o time só permanece vivo se os tiver. Quando vendia algum jogador, não pensava duas vezes. Injetava quase tudo na construção do novo estádio.

Ao final de 17 anos de obras e com investimentos de US$ 30 milhões, o seu maior sonho foi concretizado. No dia 10/02/1996, foi inaugurado o estádio o qual leva seu nome: "Estádio Benedito Teixeira" ( Teixeirão ), com capacidade para 55.000 lugares.

Em 2000, o eterno presidente do América adoeceu devido ao tabagismo. Fumava três maços por dia. Quando começou a ficar debilitado reduziu a cota para 10 cigarros diários.

O homem mais importante da história do América morreu, aos 82 anos, às 7:45 horas da manhã do dia 10 de janeiro de 2001, uma quarta-feira, após ficar uma semana internado, em razão de problemas pulmonares.

Birigüi deixou uma lacuna que jamais será preenchida. Até hoje, é um dos dirigentes mais lembrados na história do futebol paulista, principalmente pela simplicidade e eficiência que o caracterizavam. Energético e ao mesmo tempo compreensivo.

Ficou conhecido também como "A Grande Raposa do Interior" devido a sua habilidade de comprar e vender craques. Tinha faro, visão, sabia das coisas.


Foto: Birigui
Birigui foi o ponta-esquerda da estréia do América em 1946. Jogou até 1950 quando parou para se tornar dirigente.
Foto: Birigui
Benedito Teixeira ( Birigui ) foi presidente do América durante 23 anos
Foto: Birigui
Seu maior sonho realizado foi a inauguração do novo estádio do América, que recebe justamente seu nome
Foto: Birigui
Birigui exibe a Taça da Cidade, primeiro troféu conquistado pelo América em 1947

Foto: Birigui
O principal marco da administração de Benedito Teixeira no América foi a construção e a inauguração do estádio que leva seu nome.

Foto: Birigui
Birigui fazendo pose de goleiro em uma das traves do Estádio Benedito Teixeira.

Foto: Birigui
Birigui ficou conhecido como "A Grande Raposa do Interior" devido a sua habilidade de comprar e vender craques.