América Futebol Clube

América Futebol Clube - São José do Rio Preto

 
O futebol e suas primeiras vezes
quarta-feira, 10 de janeiro de 2018
 
 
O torcedor rubro Carlos dos Reis mostra como passar uma paixão de pai para filha
Foto: O torcedor rubro Carlos dos Reis mostra como passar uma paixão de pai para filha
O futebol e suas primeiras vezes
O torcedor rubro Carlos dos Reis mostra como passar uma paixão de pai para filha

Texto publicado pelo torcedor americano Carlos dos Reis no site "Bola Parada".  

"Fala, caro leitor!

Embora esta não seja a minha primeira coluna aqui no site, ainda me sinto no clima de estreante, como se ainda fosse a primeira vez.

E é exatamente sobre primeiras vezes que tratarei na coluna de hoje.

No fim de 2014, recebi a notícia que muda a vida de todo homem (e mulher também, claro): eu iria ser pai. Como já era algo desejado e sonhado, a surpresa foi grande, mas não maior do que minha alegria.

Não focando muito nos sentimentos desta notícia, vamos adiantar alguns meses para quando saiu o resultado da sexagem (exame para descobrir o sexo do bebê). Sim, amigos, aquele temor de leve que todo homem sente também passou por mim e então ouvi da boca da minha esposa: é menina.

Ali parecia que meus sonhos tinham acabado. Havia perdido meu companheiro de estádio, meu parceiro de resenhas futebolísticas antes mesmo de tê-lo, dele vir ao mundo.

Mas comigo seria diferente. Decidi que faria da Sophia a são-paulina e americana mais fanática do planeta.

Em 08/07/2015, no aniversário de 1 ano do inesquecível 7×1, a Sophia veio ao mundo. Naquela noite, ela deu sorte ao São Paulo e, fora de casa, ainda que contra o frágil Vasco da Gama, ganhamos de 4×0, com direito a gol de Wesley.

Então, contrariando um pouco a mãe, a partir daquele dia, passei a a forçar uma paixão pelo futebol e, em especial, pelo São Paulo Futebol Clube. Porém, depois de 3 vitórias seguidas vendo jogos com o pai, senti que era momento de parar no auge. Sim, sou supersticioso dos grandes.

Fora isso, agradeço pela Sophia não ter lembranças futebolísticas alguma deste seu primeiro ano de vida. O ano não foi nada bom para o time dela.

E o que fazer com a imagem que eu tinha comigo, levando meu filho ao estádio que sempre fica na mente?

No estádio Benedito Teixeira, o Teixeirão, em São José do Rio Preto/SP, passei as maiores alegrias de minha vida (quando o assunto é futebol) e também as maiores tristezas. Atualmente, em minha contagem, já foram 116 jogos.

Lembro-me, vagamente, de quando fui a primeira vez ao estádio. O dia era 24/04/1994 e o América recebia, em seu antigo estádio (Mário Alves Mendonça), o então bicampeão do mundo São Paulo. Na época, meu coração era apenas são-paulino, então saí de campo muito feliz (sem entender muito, claro) com os 4×0 que o São Paulo enfiou com 3 gols de Euller, o filho do vento.

A partir dali, a paixão por ir ao estádio e acompanhar o América só cresceu e é algo que dura até hoje, graças a Deus.

Mas voltamos a falar da Sophia.

Passado 1 ano, bem no final de semana de comemoração do seu aniversário, o América iria receber, em um domingo de manhã, a equipe do Tanabi, pela 13ª rodada da primeira fase da 2ª Divisão do Campeonato Paulista, a 4ª divisão na prática ou simplesmente “Bezinha” para os mais íntimos.

Então, finalmente, naquele 10/07/2016, realizei o sonho de todo pai amante de futebol: levar sua criança ao estádio.

O primeiro jogo da Sophia foi bem diferente se comparado ao meu. O América encontra-se em uma situação bem pior do que estava em 1994 e o Tanabi também está longe de ser o São Paulo bicampeão do mundo.

Porém, se eu conseguir fazer a Sophia amar o América nesta situação de dificuldades, gostar no momento bom será moleza.

Mas de uma coisa tenho certeza: existe algo mágico naquele cimento quente do Teixeirão. É como dizemos entre os torcedores, “só quem põe o traseiro no cimento quente do Teixeirão, ama de verdade o Mecão”.

Assim, o América ganha mais uma torcedora e segue a contagem.

E é este um dos legados que pretendo deixar pra Sophia e meus futuros filhos."

 

Sobre o autor do texto, Carlos dos Reis: Advogado de formação, amante do futebol como profissão. Tinha o sonho de ser jornalista e virou colunista. Torcedor do São Paulo e do América de São José do Rio Preto, confundindo muitas vezes qual o primeiro e segundo time. 28 anos de idade, mal acostumado a ver meu São Paulo e Seleção Brasileira sempre brigando por títulos. Morador de São José do Rio Preto, amante de Cotuba, marido da Thais e pai da Sophia.

 

 

 
Autor: Carlos dos Reis
Fonte: site Bola Parada
 
20/05/2018  » Inter de Bebedouro 2 x 0 América
Pela 7ª rodada da Quarta Divisão do Paulista. 
19/05/2018  » Inter de Bebedouro x América
América encara Inter, em Bebedouro 
13/05/2018  » Com polêmica na arbitragem
América perde para Bandeirante 
12/05/2018  » América recebe o Bandeirante
É confronto direto e vale as primeiras posições do Grupo. O Rubro é vice-líder, com 10 pontos, dois a mais que o time de Birigui 
08/05/2018  » QUEM É O PAI DA CRIANÇA?
O segundo gol na vitória de 2 a 0 do América sobre o Catanduva virou motivo de disputa entre o atacante Paraíba e o meia Guthere 
06/05/2018  » América derrota Catanduva, fora de casa
A equipe do América chega aos dez pontos, mesma pontuação da líder Inter de Bebedouro e assume vice-liderança do Grupo 2 
05/05/2018  » Catanduva x América
O América visita o Catanduva neste sábado a partida começa às 16 horas, no Silvio Salles 
04/05/2018  » América traz preparador físico
Preparador físico para a sequência da competição.Trata-se do velho conhecido Cléber Augusto para compor a comissão técnica. 
29/04/2018  » América 0 x 0 Taquaritinga
América empata na tarde deste sábado,e perdeu a chance de assumir a liderança do Campeonato Paulista da Quarta Divisão 
28/04/2018  » América x Taquaritinga
O América recebe o Taquaritinga neste sábado, 28, às 15h30, no Teixeirão,e precisa fazer a lição de casa. 
 
    Página 1 de 19    

 
Notícias Antigas
 
Para acessar as notícias do Site antigo, clique aqui.